Monday, August 01, 2005

Um amor em R.

Nunca tive antes um amor em R. O meu encanto pelo rio, pelos bairros altos, as praças velhas, os jardins e as avenidas luminosas foi inteiramente desinteressado. Ele que é de lá mudou tudo na cidade que andámos juntos. Hoje tenho um pacto muito arriscado com as ruas de R. Nada nas pedras, no ferro ou na luz é desinteressado.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home