Saturday, July 30, 2005

Do tempo

O tempo que cura a amargura demora mais do que o outro, o tempo banal que não pesa nem salva.

2 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Sim.

9:56 PM  
Blogger Calamity Spot said...

eu costumo chamar-lhes 'os dias lentos'.

12:15 AM  

Post a Comment

<< Home